.

“Drácula – A História Nunca Contada” – Resenha de Cinema

Drácula A História Nunca Contada Dracula Untold vampiro morcego

Olá pessoal!!

O filme “Drácula – A História Nunca Contada” (Dracula Untold) me fez lembrar muito da seção Por Outro Lado aqui do blog! E esse foi um dos motivos que me fizeram assistir nos cinemas e compartilhar minhas impressões sobre o filme! – como sempre, quem ainda não assistiu, pode ler sem medo que eu estrague a surpresa!

Ficha Técnica:

poster br dracula 2014 untold a história nunca contada

Sinopse: O empalador Vlad Tepes, então príncipe da Transilvânia, é forçado pelos turcos a oferecer 100 crianças, incluindo seu filho, o rei Mehmed (Dominic Cooper) para aprender a arte de guerrear. Vlad se recusa, iniciando assim uma nova guerra. Para proteger sua família e seu povo, ele procura um ser das trevas (Charles Dance) que vive escondido em uma caverna. Após fazer um acordo, Vlad se torna vampiro e ganha poderes e fraquezas características de um Drácula.

Dirigido por: Gary Shore

Gênero: Ação, Fantasia, Terror (92 min -2D)


Classificação Indicativa: 14 anos
Lançamento: 23 de outubro de 2014  | 10 de outubro de 2014 

Universal Pictures



Resenha | Opinião



Esse é daqueles filmes que deixam um pouco de tensão no ar! Eu estava muito empolgada pra ver como seria essa trama que prometia contar uma versão da história do Drácula que nunca havia sido contada antes porque logo imaginei que o filme tentaria mostrar um vilão não tão vilão assim – no estilo do filme Malévola da Disney.

Como vocês sabem, eu gosto de pensar e refletir as coisas por vários ângulos! Acho que esse é um exercício mental muito produtivo. Sem contar que amplia a nossa percepção das coisas! Por isso já fui ao cinema, confesso, com certa tendência a gostar do filme!

 Se você gosta de pensar “Por Outro Lado” como eu,
não deixe de ler “Por Outro Lado do Drácula” aqui no Blog!
 


E, no fim, gostei muito! Senti revolta em alguns momentos, mas não pela história ser ruim! É que o roteiro faz com que você se envolva de tal maneira que inconscientemente faz você se incomodar com o desenrolar de tudo! Em outras palavras, você acaba torcendo pelo Drácula e por seu relacionamento amoroso.

Existem alguns momentos medonhos, graças aos efeitos especiais, e outros que impressionam – pelo menos me impressionaram! Fiquei pensando como seria se tivesse uma versão 3D para este filme… Em algumas cenas seria muito envolvente, com toda certeza! Tanto quanto ou até mais que Os Guardiões da Galáxia!

O final também gera muito brainstorm pra gente refletir. De certa forma é legal sair do cinema com a cabeça cheia de ideias sobre o que poderia acontecer depois… Ou ainda sobre finais alternativos!

Vocês já assistiram? Gostaram? O que acham dessa onda de pensar os vilões de um modo diferente? Comentem aqui! Até a próxima!! *Hoot-hoot*
Categoria:Resenhas
Compartilhe com os amigos:
| por Luciene Sans (Corujinha Lulu) às 04:00 do dia 8 de novembro de 2014 |

Posts Relacionados

Comente Aqui

O seu endereço de email não será publicado | Campos obrigatórios estão marcados com *

Se você tem um blog, clique para compartilhar um post.

Para usar avatar (imagem/foto junto com seu comentário), cadastre seu email em Gravatar.com

Ou pelo Facebook:

comentários