.

“Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros” – Resenha de Cinema

filme movie Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros jurassic park 4 Resenha de Cinema crítica opinião t-rex tiranossauro rex indominus universal studios universal pictures

Oiê pessoal!

Assistimos Jurassic World em 3D no cinema e vim aqui compartilhar o que achei desse filme que tem a missão de dar continuidade ao famoso Jurassic Park! Se ainda não assistiu, pode ler sem medo! Não vou estragar a surpresa!

Ficha Técnica:


Sinopse: O Jurassic World, novo nome dado ao antigo Jurassic Park, reabriu suas portas na ilha Nublar. Agora o público pode ter contato direto com os dinossauros que estão domesticados e são capazes de participar pacificamente em diversas atrações. Porém, a equipe comandada pela doutora Claire (Bryce Dallas Howard), com a ajuda do Dr. Henry Wu (BD Wong), começa a fazer experiências genéticas com estes seres a fim de criar novas espécies para atrair mais investimentos e mais pessoas ao parque. O plano sai do controle

Dirigido por: Colin Trevorrow

Gênero: Ficção Científica, Aventura, Ação (124 min – 2D e 3D)

Classificação Indicativa: 12 anos
Lançamento: 11 de junho de 2015  | 12 de junho de 2015 

Universal Pictures

Resenha | Opinião

Esse é um daqueles filmes intrigantes, que te deixam com as sensações a flor da pele! Isso porque ele provoca algumas reações inesperadas… Como roer a unha no meio da sessão! – confesso: culpada!

Os dinossauros que aparecem são realmente impressionantes, dando um impacto positivo aos efeitos especiais. Apesar disso, não senti que o efeito 3D do filme foi realmente explorado… Fiquei com gostinho de “quero mais”.

Um outro ponto a ser levado em consideração é o modo como o filme termina. Não se preocupem! Não vou dar spoilers aqui! Mas acredito que o final sugere uma continuação. E espero que de fato isso ocorra porque fiquei intrigada com o futuro dos relacionamentos dos pais de Gray (Ty Simpkins) e Zach (Nick Robinson), a família principal da trama, e de Claire (Bryce Dallas Howard) e Owen (Chris Pratt).

Mas, analisando Por Outro Ladoque é algo que eu sempre gosto de fazer! – o filme traz uma questão social muito importante! Na história, o ser humano resolve criar dinossauros a partir da mistura genética de outros. É claro que isso não iria acabar bem – essa atitude me fez lembrar do filme “Os Vingadores: Era de Ultron“!

Ao mesmo tempo, percebemos como alguns humanos criam laços afetivos com os dinossauros ao longo da trama. E como alguns se tornam gananciosos e focados apenas nos próprios interesses. Querendo ou não a mensagem que está por trás das ótimas cenas de ação, aventura e perseguição, que nos deixam eufóricos e nervosos, é semelhante à mensagem de “Tomorrowland“… Afinal, o ser humano muitas vezes esquece que ele tem o poder de mudar o mundo, para o bem ou para o mal.

Curiosidade: São muitos momentos emocionantes, mas gostaria de citar a cena que está no poster do filme. É sensacional! 

Da mesma forma, o “vilão” desse filme pode ser diferente de acordo com a interpretação de cada um. Há quem diga que o Indominus Rex é sanguinário, há quem diga que ele é apenas uma vítima da manipulação genética; Há os que acreditam que o verdadeiro problema é o homem que quer utilizar animais como máquinas de matar, mas há os que acreditam que o culpado é quem se vendeu para criar algo que serviria a alguém mal intencionado… Enfim! São múltiplas opções aqui!

Além disso, dá para fazer uma leitura também voltada ao meio ambiente e à natureza: não importa o tamanho da criação da humanidade, a natureza sempre é capaz de desbancá-la se assim desejar. Ou seja, uma vez T-Rex sempre T-Rex! – tenho certeza que essa frase fará sentido quando assistir o filme!

Dizem que sempre é difícil uma continuação ser mais interessante do que a versão original. O que vocês acham de “Jurassic World“? É tão legal quanto o primeiro “Jurassic Park“? Como fã dessa série, fruto da criação de Steven Spielberg que inspirou atrações tão emocionantes no parque da Universal Studios que conhecemos na nossa Viagem a Orlando, eu com certeza recomendo a ida ao cinema para ver Jurrasic World. Afinal, o parque está aberto!
Até a próxima! *Hoot-hoot*

Categoria:Resenhas
Compartilhe com os amigos:

Comente Aqui

O seu endereço de email não será publicado | Campos obrigatórios estão marcados com *

Se você tem um blog, clique para compartilhar um post.

Para usar avatar (imagem/foto junto com seu comentário), cadastre seu email em Gravatar.com

Ou pelo Facebook:

comentários